Rir é o melhor remédio
Qualidade de Vida

Rir é o melhor remédio

Os ambientes negativos de trabalho não só deixam o clima organizacional pesado como afetam o bem-estar e, muitas vezes, a saúde dos funcionários.

Você já fez uma pergunta para algum colega de trabalho ou chefe e recebeu uma resposta em tom ríspido, sem que a pessoa se dignasse a olhar para você ao direcionar a resposta? Sabe aquele comportamento de indiferença e desprezo?

Pode parecer exagero para alguns, no entanto, infelizmente, esta é a realidade de muitas organizações.

Na verdade, este comportamento não tem a ver, necessariamente, com a pessoa que fez a pergunta. Na maioria dos casos, diz mais sobre a pessoa que deu a resposta neste tom. Pode ser que ela utilize a arrogância como forma de esconder inseguranças.

Parece que algumas pessoas consideram a leveza, o bom humor e o sorriso como sinais de pouca capacidade profissional. Confundem seriedade com rigidez e antipatia.

Este comportamento dificulta os dias de trabalho de muitos funcionários.

Confira por que rir é o melhor remédio

De acordo com um artigo publicado pelo site do hospital Lusíadas, estes são os benefícios que sorrir mais pode trazer para a sua saúde física e mental.

  • Melhoria da autoconfiança
  • Reduz os níveis de stresse
  • Reforça o sistema imunitário
  • Reduz a pressão arterial
  • Melhoria da autoimagem
  • Melhoria da saúde mental e do bem-estar geral

O artigo fala, ainda, sobre a importância de estar junto de outras pessoas, de reforçar o lado social, para que possamos rir mais.

E, realmente, podemos constatar que as pessoas que menos sorriem no ambiente de trabalho costumam isolar-se, e o contrário também é verdadeiro. Ou seja, ao ficarem fechadas em si mesmas, acabam por ter menos situações que as levariam a sorrir. Gostam de fazer parecer que são muito ocupadas, inclusive para serem felizes.

Riso e liderança

Se formos olhar para os verdadeiros líderes, vamos perceber que estes mantêm a leveza e a boa disposição como traços marcantes de suas personalidades, mesmo após muitos anos de carreira. Isto prova que a medida que realmente importa é a capacidade de realizar um bom trabalho.

Vemos jovens recém-chegados às empresas a adotarem posturas totalmente contraproducentes. Acreditam que sorrir fará com que não sejam levados a sério enquanto profissionais.

Cara fechada, as palavras que mal saem da boca… Pode ser que se baseiem em alguma teoria que interpretaram mal dos livros de gestão. Mas, certamente, não são só jovens. Há aqueles que foram endurecendo-se pelo caminho.

Rir não fará de você uma pessoa menos capaz de dar resultados para a organização. Pelo contrário, afinal, quem é que não gosta de ter por perto uma pessoa feliz.

Se você convive com alguém no trabalho que “desaprendeu” a sorrir, ensine com o seu exemplo. Sorria! : )


Por Cristine Rocha

Siga a nossa Linkedin Page.

Deixe seu comentário

%d bloggers like this: